Férias: Dicas para umas férias divertidas e um pós-férias revigorado!

Quem não se lembra das suas férias de Verão quando era criança? Que boas memórias, rumo ao Algarve pela estrada nacional, filas extensas, um calor abrassador e dias inteiros a brincar na areia. Para as crianças as férias são sempre boas! Para os pais, podem-se tornar muito cansativas. Assim, a primeira pergunta que te coloco é:

Daqui a 10 anos, como gostarias que os teus filhos se recordassem das férias de Verão?

Neste artigo, deixo-te dicas que podem servir como coordenadas para o teu GPS nas férias!

1. Desenha as férias à vossa medida

As crianças adoram estar envolvidas nas decisões familiares (dependendo da idade). Claro, que há pais a pensar neste momento, se eu vou deixar que eles decidam, paramos sempre na mesma praia ou na piscina. Mas isto é a prova que as crianças são simples, desde que estejam em família.

O que queres nestas férias? Queres descansar? Queres ler aquele livro? Queres jantar naquele lugar? Queres ter tempo para ti?

Tudo é possível, se passar por uma ótima gestão de energia. E claro, gestão real de expectativas do que são as tuas férias ideais com crianças. Quanto maior for o desfasamento for a expectativa e a realidade, maior stress é gerado.

Por isso, aqui fica o convite:

O que é realmente importante para ti nestas férias? Como te queres sentir?

Recorre a estas perguntas sempre que as coisas sairem fora de rota.

2. Rotina sim e com flexibilidade

Continua a ser importante existir uma rotina quando existem crianças pequenas, embora que diferente do resto do ano.

Para as crianças pequenas, importa a ordem dos acontecimentos e nem tanto se o horário é cumprido.

Importa saber que acordam de manhã, vão à piscina, almoçam, dormem a sesta, vão à praia.

Evitam-se birras de cansaço e de confusão e as crianças sentem-se seguras emocionalmente.

E assim não há surpresas inesperadas!

3. Desejos e caprichos não criam dependência

É o gelado fresquinho, é a bolinha de berlim! Nem tudo à terra, nem tudo ao mar.

Em férias, continuam a existir os limites de cada família. E, por vezes, com o entusiasmado e por estarem com a família ou até com outras famílias torna-se mais desafiante para os pais estabelecerem limites.

E aqui, pensa sempre na tua congruência, no alinhamento que existe entre aquilo que dizes e aquilo que sentes e pensas. Um gelado é muito bem-vindo, uma bola de berlim também. Mas estabelece à priori como queres gerir esses momentos.

O convite aqui:

Estabelece, em primeiro lugar, conexão, e de seguida, procura saber qual é a necessidade que está por detrás de querer comer um gelado.

Pode ser porque sim, porque as outras crianças estão a comer, por várias razões.

Se vires que está a ser demais, conecta-te e explica, num momento calmo, o que estás a sentir e o que gostarias que acontecesse.

Isto é válido para tudo!

4. Respeita as tuas necessidades

De que forma, toda a família pode ter as suas necessidades satisfeitas? Seja o descanso, seja o tempo para brincar, seja para conhecerem novos sítios, novas comidas? O tempo não estica e a flexibilidade é necessária, para conseguirmos repor a nossa energia.

Convite: Para saíres revigorada nestas férias, encontra momentos em que estás só contigo, em que fazes a tua meditação, o teu exercício físico, lês o teu livro, escreves, ouves música, descansas mais um pouco. E liga-te as tuas principais intenções em férias, como se de mantras se tratassem.

O segredo por detrás de umas férias divertidas e um pós-férias revigorado é um significado que atribuis a cada acontecimento, que a qualquer momento podes alterar para um significado ainda mais poderoso.

É a oportunidade de descansar o corpo, a mente e o espírito para os últimos meses do ano. Claro, sempre com brincadeira à mistura. Afinal, são férias com crianças!

Escrito Por

Cátia Pereira Dias, Psicóloga e Facilitadora de Parentalidade Consciente
Página Facebook

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.